RONDONOTICIAS segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Carlos Magno é intimado para ser ouvido em processo contra Cahúlla

O juiz de Direito Sílvio Viana o alertou sobre a possibilidade de determinar sua condução coercitiva caso não seja cumprida espontaneamente a determinação


22/01/2020 07:38:40 - Atualizado

PORTO VELHO RO - O juiz de Direito Sílvio Viana determinou a intimação do ex-deputado federal Carlos Magno Ramos a fim de que este seja ouvido na condição de testemunha em ação por suposto ato de improbidade administrativa movida contra o ex-governador João Cahúlla.

Ele deverá comparecer no dia 05 de março de 2020, às 09 horas, no Fórum Des. Hugo Auller, sala de Audiência da 4ª Vara Cível desta Comarca, situado à Av. Ji-Paraná, nº 615, Bairro Urupá.

O magistrado deixou claro:

"[...] ficando advertida de que o não comparecimento, sem motivo justificado, implicará em condução coercitiva, respondendo pelas despesas respectivas", sacramentou o titular do Juízo.

Por fim, anotou:

"Ficam as partes intimadas do presente despacho através de seus advogados, devendo intimar a testemunha acima referida, consoante disposição do artigo 455, caput e §1º, do Código de Processo Civil. Comunique-se ao Juízo Deprecante", concluiu.

Fonte: Rondônia Dinâmica


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.