RONDONOTICIAS quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Bebê de 10 meses é encontrada vivendo em condições sub-humanas em RO

Segundo a Polícia, outra criança de 3 anos também vivia nas mesmas condições no local


Rondonoticias

13/12/2019 09:47:25 - Atualizado

VILHENA RO - Duas crianças, uma de 3 anos e uma bebê de apenas 10 dias foram encontrados pela Polícia Militar (PM) na tarde dessa quinta-feira (12), vivendo em condições sub-humanas em uma boca uma casa que era usada como ponto de tráfico de entorpecentes, no bairro Jardim Primavera, em Vilhena.

Segundo informações, a Polícia chegou ao local após receber denúncias de que a residência vinha sendo usada como boca defumo. Um rapaz foi flagrado saindo da casa após adquirir três gamas de maconha para uso pessoal. Ele confessou que comprou a droga do acusado de tráfico, um homem de 25 anos que já tem diversas passagens pela Polícia.

O suspeito foi encontrado na área externa no imóvel, junto com outro rapaz de 19 anos. Com ele, a Polícia localizou a quantia de R$ 157, e com o mais novo, pequena quantidade de maconha.

Na residência, também foram apreendidos um tablete de maconha com de cerca de 90g que estava escondido dentro da bolsa da recém-nascida; um notebook, cinco celulares e uma caixinha de som, todos sem nota fiscal. No quintal da casa, os policiais ainda apreenderam uma bicicleta, que o rapaz assumiu ter comprado de um usuário de drogas por R$ 300 e trocado com o acusado de tráfico por droga.

A residência que era habitada pelas duas crianças estava em condições insalubre. De acordo com as denúncias relatadas à Polícia, as duas menores acompanhavam a rotina do tráfico e conviviam com usuários. O Conselho Tutelar foi acionado.

Os envolvidos foram levados para a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) e devem responder por tráfico de entorpecentes, posse/porte/uso e também por receptação.
 


Com informações da Folha do Sul
 


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.