publicidade

Suspeito de esfaquear homem em bar se apresenta a polícia e desmente versão da suposta vítima

CORUMBIARA, RO - Matuzael Gonçalves da Cunha, de 27 anos, que foi acusado por Valdemiro de Oliveira, de 41, de ser o responsável por esfaqueá-lo em um bar, localizado em Vitória da União, distrito de Corumbiara, na noite do último domingo, 10, se apresentou a polícia na manhã desta quarta-feira, 13, e contou outra versão dos fatos.

De acordo com Matuzael, a versão contada por Valdemiro à polícia no dia do ocorrido, que foi registrada em boletim de ocorrência, não condiz com a verdade, pois tudo se passou em frente a casa da suposta vítima.

De acordo com o comunicante, quando passava pelo local, foi chamado para conversar por um homem de nome Uriqui, que é irmão de Valdemiro. Após falarem sobre trabalho, Uriqui entrou em assuntos referentes a brigas e Matuzael tentou se esquivar, afirmando que não era disso.

Ainda segundo o comunicante, neste momento Uriqui chamou seu irmão Valdemiro, que saiu de dentro de casa com uma faca na mão e ambos se apossaram de balaústres, tentando agredi-lo com as mesmas.

Após se desvencilhar com os braços por certo tempo, os agressores conseguiram golpeá-lo por várias vezes na região da cabeça e dos braços até que este conseguiu se apossar da faca que estava na mão de Valdemiro e correr. Porém, devido estar ferido, Matuzael afirmou ter caído, momento em que Valdemiro se aproximou e tentou golpeá-lo novamente, no entanto, o jovem desferiu uma facada, que não soube informar onde acertou.

Por fim, o jovem relatou, que após ser ferido, Valdemiro, que assim como seu irmão, estava em total estado de embriaguez, correu e ele conseguiu fugir e se esconder até a data de hoje, devido ter tido conhecimento de que Uriqui estaria o procurando.

Diante das alegações de Matuzael, que afirmou ter a intenção de representar seus agressores criminalmente, um boletim de ocorrência foi registrado para a apuração dos fatos.

fonte: Extra de RO

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.

publicidade