RONDONOTICIAS domingo, 7 de junho de 2020 - Criado em 11/10/2001

Motorista da ambulância do Samu morre do coronavírus

Odair José, de 46 anos, estava internado na UTI de um hospital particular.


G1

Publicada em: 14/05/2020 08:45:27 - Atualizado



PORTO VELHO, RO - Odair José, de 46 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (13) vítima da Covid-19. Ele era motorista de ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Porto Velho há 11 anos e estava afastado do trabalho há dez dias, por causa do diagnóstico da doença.

Na manhã desta quarta, colegas de trabalho fizeram uma homenagem a Odair, que ainda estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular.

"Hoje perdemos um guerreiro, o Odair, motorista do Samu que muito fez por essa cidade, muitas remoções, muitas vidas ajudou a salvar", disse um colega de trabalho, que também foi diagnosticado com o coronavírus, mas conseguiu se recuperar.

Segundo amigos, o motorista tinha comorbidades, mas continuou trabalhando no atendimento a diversos pacientes, incluindo pessoas diagnosticadas com coronavírus.

"Perdi meu amigo Odair. Ainda hoje fizemos uma homenagem a ele ainda estava vivo. Infelizmente veio a óbito às 15h. Peço encarecidamente a toda a população que fique em casa. A gente está perdendo amigos, e o principal, pessoas que estão aqui na rua para salvar quem está em casa. Se perdermos mais amigos, quem vai salvar a população de Porto Velho? Perdemos um amigo que se foi lutando, tentando salvar vidas, e acabou dando a dele", desabafa um dos condutores do Samu.

O óbito de Odair não entrou no boletim informativo da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta quarta-feira, que não contabilizou nenhuma nova morte por Covid-19.

Profissionais da Saúde

De acordo com dados da Sesau, até esta quarta (13), 579 profissionais da saúde foram diagnosticados com o novo coronavírus em todo o estado. Esse número representa 35,9% de todos os 1.612 casos positivos registrados até o momento.

Uma outra morte entre os trabalhadores da área da saúde foi registrada no dia 5 de maio, quando o maqueiro do Hospital de Base, Evandro Nascimento, faleceu após 15 dias internado na Assistência Médica Intensiva (AMI), também em Porto Velho.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br