RONDONOTICIAS domingo, 7 de março de 2021 - Criado em 11/10/2001

44 municípios de RO fecharam agosto com saldo positivo

A equipe de estudos técnicos da entidade municipalista analisou os dados divulgados pelo Ministério da Economia e constatou a geração de 1.597 formais em agosto


AROM

Publicada em: 03/10/2020 11:42:30 - Atualizado

EMPREGO - Dos 52 municípios de Rondônia, 44 apresentaram saldo positivo na geração de emprego com carteira assinado no mês de agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia. Para a Associação Rondoniense de Municípios (AROM), dos dados representam a tendência de recuperação da economia do Estado frente a forte recessão causada pela pandemia da covid-19.

A equipe de estudos técnicos da entidade municipalista analisou os dados divulgados pelo Ministério da Economia e constatou a geração de 1.597 formais em agosto. Destaque para Porto Velho com a criação de 390 postos, Vilhena com 209 e Ariquemes com 204. Os números representam que as novas contratações com carteira assinada superaram os de demissões no mesmo período.

Este é o terceiro mês consecutivo que o número de novos postos de trabalho supera o número de demissões. Em julho foram criados 1.317 novos empregos e em junho, o total foi de 764.

Apesar do saldo positivo dos último três meses, de janeiro a agosto, o Estado acumula um déficit de 2.129 postos de empregos fechados. No critério demissão, o município de Ji-Paraná registrou a maior baixa de todos os municípios em agosto sendo, -21, totalizando no acumulado do ano o déficit -1.119.

Por outro lado, quando individualizados os dados por município, o acumulado do ano mostra-se com saldo positivo em 31 deles, frente a 21 municípios que ainda demitiram mais do que contrataram.

Para os técnicos da AROM, esta tendência é consequência do controle da taxa de contágio da pandemia no Estado, o que registrou uma evolução nas fases em diversos municípios, proporcionando a reabertura comercial. A tendência é continuem as melhorias para o mês de setembro, já que neste mês nenhum município retornou para a fase mais restritiva do isolamento social.

Aliadas às medidas para conter o avanço da doença em Rondônia, as injeções de apoio financeiro da União para os entes subfederados, permitiram a manutenção de centenas de postos de trabalho, bem como a manutenção de obras e atividades já em execução, garantindo a renda do trabalhador com carteira assinada.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br