RONDONOTICIAS sexta-feira, 23 de agosto de 2019 - Criado em 11/10/2001

Ceron e Senai abrem as inscrições para o curso de eletricista

Além de Rondônia, o Acre também foi contemplado, chegando o projeto a dez cidades em seis estados - João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Aracaju (SE), Cuiabá (MT) e Palmas (TO)


Ascom

19/04/2019 07:32:45 - Atualizado

RONDÔNIA - Na próxima segunda-feira (22), serão abertas as inscrições para o curso de Eletricista de Rede de Distribuição, oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai)  em parceria com a Ceron, uma empresa do Grupo Energisa.

Serão disponibilizadas 90 vagas para os municípios de Porto Velho, Ji-Paraná e Vilhena, sendo 30 para cada região. O inicio do curso está previsto para o dia 20/05, as aulas serão ministradas no período noturno e com carga horaria de 300h.

Para participar é necessário ter no mínimo 18 anos e ensino médio completo ou em curso. Os interessados devem realizar a pré matricula pelo site http://portal.fiero.org.br/senai, posteriormente deverá se apresentar no balcão portando documento com fotos para efetivação da matricula.

Em Porto Velho, a efetivação será realizada na Avenida  Rio de Janeiro, 4974 – Bairro Lagoa, em Ji-Paraná na Rua Francisco Benites Lopes, 435 – Jardim Aurélio Bernardes e em Vilhena na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 1425 – Bela Vista.

Escola de Energia

O curso é fruto de uma parceria entre a Ceron e a Fiero, através do projeto Escola de Energia, inúmeros alunos terão a oportunidade de se capacitar com os cursos técnicos de Eletrotécnica e Eletricistas de Rede e Predial. Através das aulas pratica, o programa prepara os novos profissionais que vão ingressar no mercado de trabalho. Para isso, a Energisa investiu 1,5 milhões na modernização dos centros de treinamento do  Senai.                                                                                  Além de Rondônia, o Acre também foi contemplado, chegando o projeto a dez cidades em seis estados - João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Aracaju (SE), Cuiabá (MT) e Palmas (TO).


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.