Publicado em 09/11/2011 11h01 - Atualizado em 10/11/2011 08h04

Mãe denuncia que filho foi maltratado por professora e direção do Objetivo não fez nada

 

Inconformada com os maus tratos aos quais o filho estava sendo submetido, Lucilene Pinheiro procurou a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e denunciou o colégio Objetivo e uma professora de educação física.

Segundo a denúncia, que consta no boletim de ocorrência nº 11E1024002128, registrado no último dia 04/11, às 14:21hs, a mãe procurou a delegacia para denunciar que o seu filho de seis anos, que estuda na unidade I, no 1º ano do ensino fundamental do Colégio Objetivo, em Porto Velho, estaria sofrendo maus tratos por parte de uma professora de educação física, identificada apenas como Mônica.

De acordo com Lucilene, seu filho relatou que tem sido constantemente xingado pela professora de “diabo”, “filho do demônio” e que “estava com o cão no corpo”. Segundo a mãe, ela conversou com uma colega da sala de aula do filho que confirmou que essa atitude da professora seria corriqueira.

“Meu filho não quer mais ir para a escola, está com medo, vive triste e isso não pode ficar impune. O mesmo pode estar ocorrendo com outras crianças e não podemos permitir isso”, desabafou Lucilene, que também procurou a Promotoria da Infância e da Juventude e relatou os fatos.

A criança, de acordo com a mãe, foi diagnosticada como sendo de hiperatividade leve, com o laudo encontrando-se na unidade escolar. “Por si só, isso não seria motivo algum para os xingamentos. Não há razão para meu filho ser humilhado frente aos seus coleguinhas”, completou.

Direção da escola foi informada, mas não teria tomado providências

A direção do Objetivo teria sido procurada pela mãe, que se reportou ao diretor conhecido como Guto, filho do dono da unidade, mas nenhuma providência teria sido tomada.

“Procurei o diretor geral da escola, mas este não tem previsão para estar lá. Me senti desamparada, por isso recorri à DPCA e à Promotoria”, lamentou.

O aluno é estudante do Objetivo desde 2010.

Comentários do Site »

  • vanuza moreira 12/09/2013 22h:07

    Meu filho tem sido vitima no colegio Hortencia em Itapecerica da Serra ele tem 10 anos, ele sofre com problemas de afitas desde novinho, a professora o chamou de porco e nojento isso sem contar que ele senta proximo a ela e ele estava gripado ela o mandou ir pro fundo da sala pois ela iria pegar a gripe como si meu filho fosse um leproso ,amanha vou a delegacia de ensino denuncia-la.

  • rafael 14/05/2012 20h:47

    cara eu estudo la a 3 anos e não fizeram nada comigo

  • Vanessa Alves 17/11/2011 21h:17

    Meu Deus nem acredito que a tia Monika ainda está ai, e ainda e alvo de notícias,Monika vc é tudo de bom.

    bjs!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Cristina 14/11/2011 02h:01

    Mônica, não temas!!! Você é mais que vencedora!!! O inimigo só que te atingir, mas DEUS é MAIOR,e jamais te desamparará!!!

  • Adriana 13/11/2011 12h:31

    Fazer parte dessa equipe é um orgulho, e ser parceira da Tia Monika é tudo de bom, está visivel no olhar das crianças o quanto ela é querida, uma pessoa Maravilhosa, Dedicada e Amorosa/Amada...\"Se Deus é por nós, quem ser é contra nós\".Não se abale, afinal aquele cara la se cima, sabe o quanto és especial em nossas vidas e nas vidas de nossas crianças!Estamos com vc...Te adoramos mha QUERIDA!

  • EQUIPE ED. INFANTIL 12/11/2011 21h:21

    Monika,sabemos que vc está vivendo um momento muito dificil, mas acredite tudo vai acabar bem.Saiba que estamos orando e pedindo a Deus que continue te dando forças para superar este momento.TE AMAMOS...

  • MAE DA ED.INFANTIL UN.I 12/11/2011 19h:44

    PATY,O QUE VC AINDA ESTÁ ESPERANDO PARA TIRAR SEU FILHO DA ESCOLA????
    UMA ESCOLA QUE VC DIZ... QUE SÓ TEM \"PROFESSORINHAS\" E AUXILARES FOFOQUEIRAS E MAL HUMORADAS.
    PARABÉNS EQUIPE DO COLÉGIO OBJETIVO, VCS FAZEM A DIFERNÇA.

  • EQUIPE DA EDUCAÇÃO INFANTIL. 12/11/2011 19h:25

    Oi Monika ja falei que TE AMO hoje???
    Não deixe esses comentários sem fundamentos,interferir o seu profissionalismo e acima de tudo o seu brilhantismo.
    TE AMO DO TAMANHO DO UNIVERSO!!!

  • RUI 11/11/2011 23h:05

    ESSA PROFESSORA TEM Q SER DEMITIDA, É UM MONSTRO DISFARÇADO DE GENTE

  • Maria Tereza 11/11/2011 23h:02

    UMa escola q se mantém de aparências; como nós pais podemos confiar em uma escola dessa que traumatiza nossos filhos? Os educadores são os primeiros a cometer BULLING; essa mãe tem toda razão em denunciar, para q estejamos bem atentos.

  • Ana Flávia 11/11/2011 22h:54

    Existem pessoas q se dizem educadoras mas q na realidade deseducam nossos filhos. Conheço essa professora, minha filha estudou com ela, é uma pessoa sem religião,tanto prova que as palavras q ela usou com essa criança não é de uma pessoa de Deus. é mal educada, não tem tato nenhum com criança. Não sei como tem gente q ainda defende uma pessoa tão cruel como essa. A Escola é pior ainda, pq mantém uma aparência q não existe. Com funcionarios despreparados para lidar com crianças.

  • C 11/11/2011 09h:57

    Com certeza a professora Mônica Blank, alta, loura, inteligente, criativa e citada como referência positiva na área de educação física, devido ao excelente trabalho que realiza, não é a mesma citada acima.
    Obs. Só se atira pedra em árvore que dá fruto.
    Cleude - Colega de trabalho.

  • Cacilda Hora 11/11/2011 08h:39

    Falar da professora Monika é falar de excelência em profissionalismo. É uma pena que alguns pais não sabem lidar com a tarefa difícil de educar os seus filhos e preferem deixá-los em situações ridículas como esta. DEUS, e todos os bons alunos, ex bons alunos, bons pais e colegas, amigos e familiares que conhecem o brilhante trabalho da Professora sabem que isso não procede. Quanto à mãe, que preferiu a forma mais ridícula do mundo para apresentar seu filho à sociedade, meus senti

  • Ex Aluno 11/11/2011 07h:54

    Como ex aluno eu afirmo: Aprender a usar a imaginação despertando interesse pelas artes, raciocínio, criatividade, capacidade de liderar, incentivo ao companheirismo, lealdade ao próximo, música, circo, etc, foi o que aprendi com a Tia Monika. Hoje sou o que sou pelo que essa incrível professora implantou em meu caráter. Eu e TODOS os alunos sempre relembramos da Tia Monika em nosso passado com um marco em nossas vidas. Notícia caluniadora. QUe indignaçao!

  • Pai de aluno 11/11/2011 07h:39

    Esta criança tem ofendido o meu filho, inclusive meu filho já havia me contado histórias sobre este amiguinho que fala palavrões. Esta criança precisa é de ajuda, pois a mãe a expoe dessa maneira deixando-a indefesa. Isso sim é que precisa ser corrigido. O que essa mãe queria? Mãe protege, e não foi isso q ela fez. Qto a professora em questão, jamais se viu uma igual, e nem se verá. Excelente professora!

  • Professor 11/11/2011 00h:50

    Delegar à escola e aos professores a tarefa de educar, amar, corrigir,impor limites aos filhos é a atitude de alguns pais. Muitos desses \"descarregam\" seus filhos nas primeiras horas do dia e, como que livres de pesados fardos, só retornam para buscá-los no final das aulas. Quando vão a escola saber do desempenho, do comportamento de seu filho? Essa não parece atribuição deles. Assim, para compensar, \"acreditam\" em tudo que eles falam! Que tal ser mais atuante, participar mais da edu

  • Mae Ed. Infantil Und.I 10/11/2011 22h:47

    Paty querida, se és tao insatisfeita com o Objetivo e seus colaboradores pq ainda deixa seu filho estudar lá! Será que sao mesmo os professores e auxiliares que estao sempre mau humorados. Deve ser mais uma daquelas coitadas aprendiz de dondoca que nao tem nada pra fazer e que a ocupaçao maior é fofocar na porta da escola heheheheh. Meu filho estuda sim no Objetivo e sempre fomos muito bem recebidos. Todos sempre com um sorriso no rosto!!!

  • pai de aluno 10/11/2011 21h:43

    infelizmente tem pessoas que quer se aproveitar de situaçoes,este e um caso,brincando com a inocencia de uma criança,não tenho duvida que se fosse procurar a direçao ele daria total atençao, o meu filho estuda lá 4 anos, passa a maior parte do tempo na escola e nunca reclamou de nenhuma professora.

  • ANNY 10/11/2011 21h:31

    A AULA DESSA PROFESSORA É A AULA MAIS ESPERADA PELAS CRIANÇAS DO COLEGIO OBJETIVO. ELA É UMA PROFESSORA EXEMPLAR, DEDICADA E DINAMICA. AS CRIANÇAS SAO SIMLESMENTE ENCANTADAS POR ELA, QUANDO ELA APARECE TODOS CORREM PARA ABRAÇA-LA...ISSO SIM É SINCERO!

  • GORETE 10/11/2011 21h:22

    APOIO A ESCOLA,,,CONHEÇO VARIOS PROFESSORES DE LA SAO PESSOAS COMPETENTES E SERIAS,TENHO UM FILHO Q ESTUDA LA E NUNCA ACONTECEU NADA DISSO,PELO CONTRARIO SO FOI BEM TRATADO.

  • Ex Aluno 10/11/2011 16h:42

    Pior que a matéria vergonhosa é a falta de conhecimento da mãe sobre a Escola do próprio filho. Que mãe é essa que expõe uma criança desta forma? Que mãe é essa que busca desesperadamente por atenção? Tia Mônica (por força do afeto) foi minha professora durante toda minha vida escolar e, sem dúvida, é uma das professoras que mais guardo saudades. O conselho tutelar deveria investigar como esta mãe trata seu filho, viu.. enriquecimento ilícito às custas de um menor? COVARDIA!

  • mãe de aluno da educação infantil 10/11/2011 14h:50

    Paty,o dia em que eu me sentir incomodada com alguma atitude da escola eu tiro o meu filho. Porque você não faz o mesmo? Respeite o papel do professor,seja ética. Ou você não foi alfabetizada por um PROFESSOR? Você está desvalorizando a sua propria maezinha que te ensinou a fala querida.

  • Luis Batista 10/11/2011 14h:10

    Pelo que percebemos,vemos como a mídia se comporta de modo errôneo e capitalista publicando este tipo de matérias.Para a mãe que acredita facilmente no seu filho pela questão de maternidade e falta de educação,nós conhecemos a índole da professora Mônica,como lemos nos comentários fomos alunos e hj nossos filhos são,isso comprova a seriedade do seu trabalho!Então com certeza o colégio OBJETIVO n tomou providências q satisfaçam vocês pela falta de prova dos fatos.PS: MEU BAIRRO P

  • PATY 10/11/2011 13h:32

    Minha filha estuda no objetivo e diz gostar muito da tia mônica, mas vou te contar viu, agora as professorinhas e monitoras é que são um problema, todas mal humoradas, fofoqueiras e grossas, essas sim deveriam sair da escola, o mau humor delas é contagiante.

  • ex aluno 10/11/2011 13h:26

    Fiquei surpreso com essa matéria descabida,esta escola e uma das melhores de Porto Velho,todos os profissionais trabalham com dedicação ética e carinho. Este fato deve ser averiguado,a mãe não deveria ter se exposto e exposto a criança tanto assim,Foi um grande mau entendido e precipitação por parte da mae.Como ex-aluno estudei com a tia Monica ,e ela sempre foi atenta e carinhosa com todos os alunos.Calunia e crime cuidado!!

  • pereira 10/11/2011 11h:36

    Essa mae deve ter um filho bem mal educado. Aposto q o histórico dessa criança é cheio de situacoes semelhantes em outras escolas!

  • Noticia 10/11/2011 11h:32

    Tudo mentira essa notícia. Esta é a melhor professora, e esta a melhor instituicao. Calúnia! Ela deveria recorrer a um advogado!

  • Mãe de aluno do 1º ano C 10/11/2011 11h:15

    O filho desta senhora,é agressivo e vive maltratando os colegas com xutes e xingamentos da mesma natureza, inclusivem meu filho vive reclamando,já procurei a escola e fui muito bem atendida.Esta senhora deveria primeiro procurar acompanhamento para o filho, e não usá-lo desta forma constranjedora para a criança.Você é adulta, pense nisso.

  • Anna 10/11/2011 11h:09

    Tenho um filho de 5 anos que estuda no objetivo e sempre pergunto a ele como os professores o estão tratando, inclusive a Tia Mônica, pergunto se xingam, se batem, se a professora é legal, se é chata, enfim, meu filho nunca reclamou, mas sei identificar quando ele está mentindo. Sempre observei a escola bem preocupada, a coordenadora do infantil Luana deveria ter sido acionada, com certeza ela iria conversar com essa mãe e a professora, ela nunca me deixou na mão.Espero que tudo se resolv

  • Goiandira Gimax 10/11/2011 11h:04

    Me estranha o fato de que algumas pessoas,defendem a escola,como se fosse impossível isso ocorrer...Vamos primeiro apurar os fatos,o primeiro passo,já foi feito,infelizmente,algumas coisas em nosso país, só andam ,depois que é publicado na imprensa.

  • mirian almeida 10/11/2011 10h:46

    Ainda ontem postei outro comentário, que não está publicado. Falei da competência do Diretor Augusto (pois Guto é nome carinhoso como só os amigos o chamam)e da fragilidade desta notícia, por não apresentar a versão da outra parte interessada, como fazem os meios de comunicação sérios deste país. Será que vão insistir em não publicar este comentário?

  • Josivan Melo 10/11/2011 10h:42

    Sou amigo da professora Mônica...conheço seu trabalho pois sou professor aqui no objetivo a 10 anos...Meu filho de 3 anos é maravilhados com as aulas da tia Mõnica e olhar que ela ainda nem é seu aluno ainda...Sou testemunha fiel da dedicação e empenho que a professora tem pelos alunos do colégio...Fico triste com a situação , e com o exemplo que está mãe dá a seu filho, este tipo de mensagem a qual ela se propos a enviar não condiz com os valores e tradições do Colégio Objetivo

  • Virgínia 10/11/2011 10h:40

    Gente, sem pré-julgamentos, vamos averiguar. Eu mesma vou perguntar aos meus filhos, papagaios falantes, como a tia Mônica os trata. Mas, pelo jeito, eles parecem gostar muito dela.
    Mas vamos averiguar. Agora o Guilherme Mendes, falou bobagem. Quem determina o sucesso de um empreendimento é o cliente. Quando os serviços são ruins, a empresa vai à falência. Parabenizo o outro Guilherme (WISEUP), garra, coragem e determinação. Poderia ser mais um \"filhinho de papai\", mamando nas tetas

  • Josivan Melo 10/11/2011 10h:28

    Conheço bem minha amiga e sou testemunha do seu carinho pelas crinças desta instituição...Sou professor no objetivo a 10 anos e também vi a dimensão do carinho que estas crianças tem pela minha companheira de jornada...Hoje meu filho estuda aqui e um dos primeiros nomes de professores aprendidos por ele foi o da Mônica..Aqui como em todas as escolas temos problemas mais a direção e as famílias procuram caminhar juntas para realizar o bem maior...DIÁLOGO...sempre foi o melhor caminho.

  • Cátia mãe de aluno do COLÉGIO OBJERIVO com muito orgulho 10/11/2011 10h:24


    Que absurdo!Falar de uma Instituição de ensino tão séria como o Colégio Objetivo.Sempre que precisei fui atendida sem burocracia. Acredito muito no diálogo e acredito também que essa mãe está querendo aparecer e colocar o seu filho em evidência.Lamento muito pois é apenas uma criança e já se envolvendo com justiça. imagina o que esta mãe está preparando o futuro desta criança.

  • Viviane 10/11/2011 10h:22

    Gente como a Darlene falou, a Professora Mônica é amada pelas crianças, meus filhos estudam lá e todo dia que passam por ela fazem questão de cumprimentá-la. Tudo pode acontecer nessa vida, não descartaria nenhuma possibilidade. Nenhuma criança deve sofrer maus tratos ou humilhações. Sou contra exposição das crianças no cantinho do pensamento,bem como ridicularização delas na frente dos coleguinhas. Mas, venhamos e convenhamos, nossos filhos não são fáceis, tem vezes que nem n

  • Graziana Abranches 10/11/2011 10h:14

    Sou mãe da Maria Clara do 5ºano C e acredito muito nos profissionais dessa instituição que além de se comprometerem com a educação, são profissionais que cuidam dos nossos filhos com muito amor e carinho.

  • Meu filho não mente! 10/11/2011 10h:08

    \"Meu filho não mente!\"Essa é a frase que comumente ouvimos das mães! pura ilusão, ainda mais nessa idade! toda criança inventa \"coisas!, imagina... concordo com a questão do bullying que muitas crianças têm sofrido silenciosamente, mas sinceramente duvido que seja o caso dessa professora, que inclusive é conceituadíssima, não só na rede privada de ensino,mais também na rede pública! são anos na educação, se essa fosse uma prática comum dela, com certeza outras denúncias já

  • Pedro André 10/11/2011 10h:01

    A escola deveria vir a público e esclarecer o fato e dizer que medidas está tomando. Sobre usar a foto do colégio, errado seria usar a foto da criança.

  • Marlene 10/11/2011 09h:37

    Meu filho estuda lá e AMA a tia Mônica, esse fato com certeza não tem fundamento. Ela é uma super profissional e o OBJETIVO uma super escola. Site sem materia para publicar.

  • Pai de aluno( Advogado) 10/11/2011 08h:51


    Usar a imagem de uma instituição particular sem autorização do dono, é crime. A escola pode entrar contra esse joralistazinho despreparado. Que sencionalismo Quanto essa mãe quer ganhar na sombra do filho menor. Usar a criança para fins lucrativos também é crime.Processem ela!!!!

  • Pamela Magalhães 10/11/2011 08h:38

    Parabéns a mãe por expor seu próprio filho ao rídico e envolver a escola no meio. Maturidade para apurar os fatos não faz mal a ninguém, minha querida

  • Monamares 10/11/2011 08h:23

    Meu filho foi estudante do objetivo, chegou com 2 anos, e a Tia Mônica já foi professora dele, e sempre foi muito simpática e afável. Fiquei muito feliz com o serviço educacional prestado pela escola,que sempre acolheu com muito carinho e respeito meu filho e a mim como mãe. A Coord. da Unidade II, Regina, sempre foi muito séria e responsável com o bem estar das crianças.Esta notícia me causou espanto. A escola deveria ser ouvida para dar a sua versão dos fatos. Sobre o objetivo, unidade.

  • rogerio 10/11/2011 00h:21

    muito cara sem fiz lucrativos tem mesalidades mais caras do Pais e maior que muitas faculdade do brasil de alta qualidade.Vamos melhorar o ensino.

  • suede 09/11/2011 22h:41

    que nada na maioria das vezes eh mentira do santinho eu ja fui aluno e ja fiz isso

  • eu 09/11/2011 22h:30

    O site tem permissão para usar a imagem do interior da escola?

  • Christiane 09/11/2011 22h:29

    Acho incrível como pessoas tão pobre de espírito pode se dar ao trabalho de publicar uma notícia que nem o próprio autor tem conhecimento da causa.. A mãe poderia ter citado que não encontrou do diretor Augusto, porque procurou a escola no horário de almoço. É bom ver que quem conhece o Objetivo não acredita em uma notícia tão descabida e sensacionalista! No comentário abaixo o Luciano disse que é \"bem o tipo do obj mesmo\" porquê? Já foi agredido por essa escola? Vamos parar e

  • Ex Aluno 09/11/2011 22h:13

    Lamentável como existem pessoas que usam seus próprios filhos para tirar proveito de situações como esta. Estudei no Objetivo durante toda a minha vida escolar e constato com grandes experiências a qualidade de ensino dedicado aos alunos, sempre estando em destaque em provas seletivas. Lamento também a qualidade de informação que nosso Estado tem disponível, onde a reportagem mais descabida se torna destaque. O dinheiro realmente faz vítimas: um site pobre de manchetes e uma alpinista

  • Guilherme Mendes 09/11/2011 22h:04

    Não é novidade que esta instituição destrata alunos, pais, funcionários e professores. É assim na unidade I, na unidade II e tbm no Wise Up que é da família.
    Carece sim de uma investigação por parte do MP, do MEC, do Conselho de Educação e do Conselho Tutelar pra apurar isso.

  • VICTOR 09/11/2011 21h:50

    ACREDITO QUE A ESCOLA ESTÁ SENDO CONIVENTE NESSE CASO, POIS CONHEÇO OS ENVOLVIDOS E ATÉ AGORA A ADMINISTRAÇÃO DO OBJETIVO SEQUER AGENDOU UMA REUNIÃO PARA OUVIR AMBAS AS PARTES, INFELIZMENTE NESTES DIAS EM QUE TANTO SE FALA EM BULLING, AINDA EXISTEM PESSOAS QUE ACREDITAM CEGAMENTE EM UMA INSTITUIÇÃO SEM TER O CUIDADO DE APURAR O OCORRIDO, AOS QUE BEM FALARAM DA ESCOLA, CUIDADO, POIS SEUS FILHOS PODEM ESTAR SENDO VITIMAS DESSE BULLING SILENCIOSO, AOS QUAIS VOCÊS NÃO PODEM ACOMPANHAR DIRE

  • Lucilene 09/11/2011 21h:44

    segundo a Delegacia da Infancia essa não é a unica ocorrencia feita contra esta professora, se ela continua fazendo a mesma coisa é porque a escola não tomou providências. Em outra ocasião ela distratou meu filho na minha presença, comuniquei a coordenação e nada foi feito. O Objetivo não prepara seus funcionários para uma trabalho sério.

  • Mãe de aluna do Colégio Objetivo 09/11/2011 21h:33

    Absurso este jornal sem provas concretas publicar uma matéria como esta. Tenho filha e sobrinhos estudando nesta instituição de ensino e acredito na seriedade do trabalho que ela tem oferecido. Esta reportagem não condiz com um Colégio que se mantém a mais de 30 anos, com uma educação de qualidade e ética profissional. É lamentável este site de notícias publicar acusações sem ouvir a outra parte, onde está a ética? Concluo este comentário afirmando a confiança que tenho no Col

  • Exageiro 09/11/2011 21h:27

    Pelo o que conheco do colégio objetivo,isto e apenas um mal entendido,entre os pais e a direção,estudei la e nunca ouvi sobre isso,a equipe educacional do objetivo e de estrema qualidade, não acredito que isto tenha ocorrido de verdade

  • Anderspn 09/11/2011 21h:12

    A verdade é que ambas (Professora e criança) devem ser ouvidas. Pois o que tem de filhinho de "papai" mimado e mal educado que gosta de destratar os mais velhos ou de classe social inferior, não esta escrito no Gibi....

  • mirian almeida 09/11/2011 21h:09

    Tenho certeza que o Colégio Objetivo não fechou os olhos para essa situação, especialmente o Diretor Augusto (já que Guto certamente é a forma carinhosa como os amigos o chamam) que é um profissional como poucos, com excelente preparo e respeito pelo que faz.
    À propósito, as matérias jornalísticas veiculadas pelos mais renomados meios de comunicação, sempre informam as versões das partes interessadas.

  • mirian almeida 09/11/2011 20h:21

    Concordo com as pessoas que acima declaram que essa é uma matéria sensacionalista. Como mãe que sempre acompanhei a vida escolar de meus filhos, sempre me preocupei em resolver qualquer situação entre as partes interessadas, preservando, acima de tudo, meus filhos, e não expondo-os. É lastimável uma situação dessa.

  • Darlene 09/11/2011 19h:04

    Conheço muito bem a instituição e a professora, que está ali há muitos anos onde exerce sua profissão com carinho, amor, dedicação e muito respeito para com as crianças, sendo assim amada e idolatrada por todas elas..
    Ah, calúnia é crime!!!!!


  • Ana 09/11/2011 18h:09

    Acredito na Instituição e na Postura da Professora Monica. Que se mostra uma profissional cuidadosa com as crianças, não é uma novata, foi minha professora e hoje é professora dos meus filhos por isso posso falar sobre sua postura. Fatos como este devem ser averiguados, crianças brincam, colocam apelidos (são até maldosas) isso é complicado. Porem não consigo acreditar que a professora tenha tido esta postura.
    Fatos precisam ser comprovados para serem publicados,..

  • Carlos 09/11/2011 17h:54


    Olá Equipe brilhante,não deixem se abalar por pessoas que querem tirar proveitos de situações que não existe. Meus filhos estudam nesta instituição de ensino e conheço o trabalho espetacular prestado por vovês. Esta mulher está usando o filho para tirar proveitos.

  • Meire 09/11/2011 17h:35

    Materiazinha sensacionalista de quinta categoria...cadê a apuração dos fatos e o outro lado da história?

  • Maria Cleonice 09/11/2011 16h:48

    Diante de tantos fatos importantes que acontecem em nossa cidade, acredito que esta publicação, não poderia alcançar uma proporção de tanto destaque.
    Sou educadora e acredito que, tudo que acima foi relatado poderia (e pode)ser resolvido com diálogo e esclarecimentos das partes. Percebo uma certa intolerância e até mesmo sensacionalismo nesta matéria. É muito difícil uma Instituição de ensino particular, deixar passar em "brancas nuvens" os fatos supra relacionados. Álias, nenh

  • Ana Paula 09/11/2011 16h:12

    Essas acusações não procedem,pois sei do cuidado e da atenção que toda equipe desta instituição presta,pois meu filho estudou lá desde de pequeno,não tenho nada a reclamar somente a agradecer,pois todo serviço que ele precisou,ele teve!ensino de qualidade,e todo acompanhamento pedagógico

  • Luciano 09/11/2011 16h:11

    Fatos como esses não podem passar desapercebido, uma escola do porte do Objetivo fechar os olhos para uma situação dessas, o mínimo que se espera é que os fatos sejam apurados e caso haja veracidade nisso tudo, essa professora precisa ser mandada embora. Mais isso é típico do Colégio Objetivo mesmo.

  • Pelamordedeos que poha é essa?! 09/11/2011 16h:11

    matéria + chinfrim é essa. EU APOIO A GREVE DA UNIR fora JANUÁRIO.

  • Michela 09/11/2011 15h:54

    com mãe de aluno do colégio citado, me sinto no dever de comentar essa reportagem descabida, por favor vamos publicar assuntos sisudo.Sou cliente do colégio confio plenamente na direção da escola. O diálogo é o melhor caminho a trilhar.

  • MARIA 09/11/2011 15h:47

    QUEM CONHECE DE VERDADE o Colégio Objetivo, sabe do trabalho de cada um ali dentro da instituição, nós pais sabemos e conhecemos com quem deixamos nossos filhos, então, não é fácil de acreditar em uma reportagem que não traz notícias \"concretas\", não sabemos de fato o lado da direção pedagógica do colégio e nem o lado da professora, apenas o relato de um jornalista anonimo. Eu conheço o Colégio Objetivo há anos, e confio de olhos fechados no seu trabalho!

  • JAQUELINE SALDANHA 09/11/2011 15h:44

    Fico surpresa com esta notícia, pois estudei no Colégio Objetivo e mantenho meus três filhos matriculados na instituição e nunca passei ou soube de episódios dessa natureza. Acredito que tenha havido um grande mal entendido.

  • Paulo Andreoli 09/11/2011 15h:31

    Boa tarde amigos Anderson e Arimar. Seria bom procurar o pessoal do colégio para ouvir a versão deles. Digo isso amigos porque estudei lá ( antigo Einstein ) meu filho Alberto também. Atualmente meu filho Luis Roberto, Glauco Fernando e meu neto Gabriel Cauã estudam no Objetivo e recomendo para amigos. Boa didatica, onde a educação é levada a sério, feita por colaboradores apaixonados pelo trabalho. Espero que o caso da mãe seja esclarecido em breve. Um abraço e saudações de sucesso

  • Mesmo problema 09/11/2011 15h:00

    Ja enfrentei o mesmo problema. Precisei falar com o \"diretor\" que nunca está. Este tal de Guto é o filhinho de papai que finge que trabalha e o papai finge que acredita...

  • João Almeida 09/11/2011 14h:21

    Eu estudei no objetivo e meu filho também estuda lá. O respeito e cuidado são alicerces fortes dessa instituição. Confio em tudo corpo pedagogico e sei que isso não seria possível.

  • Adriana 09/11/2011 12h:21

    Como pode uma institução de EDUCAÇÃo onde serve para educar e tem um profissional tão despreparado como essa professora de Ed. fisica, na escola publica não tem isso não, pois se tiver a comunidade se mobiliza e tira até o diretor se for o caso. O colégio Objetivo caiu e muito no conceito agora.

  • Maria Louiza 09/11/2011 11h:30

    o minimo que a escola deveria ter é respeito e ouvir uma denuncia grave como esta!

  • Marcelo Carvalho 09/11/2011 11h:26

    Eu tirei meu filho de lá ano passado pelo mesmo motivo. a escola tem que ser responsável pelo aluno e não causar traumas.

Comentários do Facebook »