RONDONOTICIAS segunda-feira, 28 de setembro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Unir: Sem medo de errar


Por Antônio de Almeida

17/07/2020 11:31:03 - Atualizado


Foi dada a largada para o pleito eleitoral na Universidade Federal de (Unir). Muitos são os nomes que estão surgindo no cenário eleitoral.  A eleição será realizada no próximo mês e começa a movimentar professores, acadêmicos e funcionários da instituição. A entidade de nível superior tem 38 anos de existência e sido prejudicada ao longo de sua trajetória acadêmica. Muitos gestores eram professores competentes, pesquisadores excepcionais, porém gestores administrativos sem a menor experiência e que se perderam ao longo de suas gestões. Escândalos foram surgindo e causando sérios prejuízos para a Unir.

Teve de tudo. Até a Fundação Rio Madeira (Riomar) desapareceu ao longo do tempo! Um grande prejuízo. Hoje, a expectativa é que o debate entre os candidatos possa apresentar gestores competentes e comprometidos com o avanço da instituição, em todos os sentidos. Os eleitores devem se conscientizar que não há mais espaço para gestores despreparados e sem a menor qualificação de ocupar o mais importante cargo. O gestor não pode ser um candidato que venha oferecer apenas seu trabalho acadêmico. Sabe-se que o debate é a melhor proposta para eleger o futuro reitor da Unir. Os eleitores
devem estar atentos ao fator experiência do candidato em gestão administrativo. Não se pode errar. O Sintunir e a Adunir são duas entidades representativas na Unir que estão deixando muito a desejar.
É hora de estarem engajadas na busca do melhor gestor administrativo. Mas, parece até o agricultor do Nordeste, que fica esperando um milagre cair do Céu. Há necessidade urgente de que haja confrontos de ideias em debates que venham enriquecer a escolha do futuro gestor administrativo da Unir e que a faça uma instituição progressista campo da pesquisa e extensão. De uma coisa é do conhecimento de todos: não
há espaço para erro e nem cobaias para reitor da Unir. Votem, sem medo de errar!!!

*Antônio Queiroz é professor e jornalista


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.